A Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, foi acionada esta tarde (10) pela Ouvidoria Municipal (156) para o resgate de uma cachorrinha ferida no Jardim Industrial. Ao chegar no endereço, constatou-se local insalubre, com muitos resíduos orgânicos (fezes, dejetos) e sólidos (telhas, madeira, metais) totalmente inadequados para o convívio animal. 

A cachorrinha apresentava um ferimento exposto na região nasal e estava muito assustada. Após o resgate, a cachorrinha passou por atendimento clínico veterinário no Centro de Proteção e Bem-Estar Animal. “O animal apresenta a ausência do osso nasal com exposição de palato e dos seios nasais, ruídos pulmonares e temperatura alta. É um quadro grave”, constatou a veterinária Evandra Voltarelli Pachaly 

A cachorrinha continuará recebendo a medicação necessária e realizou exames complementares. O tutor será autuado no valor de R$ 2 mil reais por maus tratos, podendo sua multa aumentar para R$ 10 mil se a negligência identificada causar a morte do animal.

Deixe seu Comentário